Lápis reinventado

ScreenShot388 copy

O lápis Wopex, lançado pela marca alemã Staedtler é fabricado por coextrusão de um composto madeira-plástico com 70% de fibra de madeira (o "bio-material do ano de 2009" nomeado durante congresso europeu dos bio-materiais, em Outubro do ano passado). O lançamento pela mais conhecida marca de lápis é um acontecimento de alto relevo para o mercado dos compostos madeira plástico. Embora a empresa Staedtler só tenha sido fundada em 1832, os anais da cidade de Nuremberga referem Friedrich Staedtler como fabricante de lápis em 1662.

ScreenShot389 copy Em vez do método tradicional de colagem de dois segmentos de madeira, os lápis Wopex são agora produzidos por coextrusão, aplicando um composto de madeira-plástico sobre a mina de grafite, e uma camada exterior colorida e de toque suave. A tecnologia de coextrusão foi desenvolvida pela Greiner Tool.Tec (Áustria). O lápis Wopex funciona exactamente como o lápis tradicional, com a mesma facilidade de escrita, desenho e aparo.
Do ponto de vista ambiental, o Wopex tem vantagens muito evidentes, desde o uso de materiais renováveis à redução dos resíduos de madeira comparativamente ao processo tradicional.