Compostos de PLA melhorados

A FKuR (Willich, Alemanha) e a Synbra (Etten-Leur, Holanda) anunciara, um PLA de "segunda geração", com maior resistência térmica e baseado em carbohidratos não geneticamente modificados. O processo de polimerização tem lugar na nova fábrica da Synbra em Etten-Leur, com uma capacidade de 5000 t/ano. A matéria-prima de base (lactide) é produzida pelo processo de fermentação Purac.
A FKuR e a Synbra visam aplicações de altas temperaturas que até agora não estão acessíveis aos bioplásticos. Ao combinar PLLA quase 100% puro com PDLA a altas temperaturas, produz-se um PLA "estereocomplexo" (sc-PLA) com propriedades que excedem as dos homopolímeros individuais. A temperatura de fusão do novo complexo é de cerca de 220 °C, mais 50 °C que a do PLA convencional.
a FKuR Kunststoff GmbH produz e comercializa biopolímeros especiais e "customizados", sob as marcas Bio-Flex® (composto PLA/copolyester), Biograde® (composto celulose-ester) e Fibrolon® (polímeros reforçados com fibras naturais).
A Synbra Technology bv é a unidade de polimerização e de investigação do grupo Synbra, com uma posição descacada no mercado europeu do EPS. A Synbra Holding tem um volume de negócios de 300 milhões de euros, cerca de 1400 empregados e fábricas na Holanda, Alemanha, França, Dinamarca, Reino Unido e Portugal. A espuma BioFoam® é um dos exemplos recentes de inovação do grupo Synbra.