Indústria sofre com falta de material

"Os transformadores europeus de plásticos ainda estão em dificuldades apesar da melhoria das condições de negócio" – afirmou Alexandres Dangis a propósito do aumento dos preços das matérias-primas. O director da EuPC (European Plastics Converters) acha que esses aumentos vão retardar a recuperação da indústria no próximo ano.

"Para alguns plásticos, estamos a enfrentar aumentos de até 30% entre Novembro de 2009 e Novembro de 2010" – disse Dangis. "Ainda abundam as notícias de falta de matérias-primas e aditivos e de transformadores que por causa disso não conseguem cumprir os seus projectos".
A EuPC aconselha os transformadores a questionarem legalmente, as nível nacional, "o número crescente de declarações duvidosas de ´força maior´". Além disso, o aumento da procura na China está a agravar as situações de falta de material. "Prevejo que a descontinuidade do fornecimento da indústrias europeia se irá manter pelo menos até ao primeiro trimestre do próximo ano" – disse Dangis.
Falando durante um workshop da Comissão Europeia sobre resíduos lançados no mar, Alexandre Dangis acrescentou: "Ao mesmo tempo, a Europa está a exportar grandes volumes de resíduos de plástico para a Ásia e está na altura de pensar se os reciclados não tem uma importância estratégica maior para os transformadores europeus".
"Os políticos europeus vão anunciar em breve os seus planos em matéria de Eficiência de Recursos na Europa" – disse Dangis, mas questionou a vontade política de Bruxelas para manter a indústria na União Europeia. "É necessário encontrar uma solução para assegurar que as matérias-primas plásticas, os aditivos e os resíduos plásticos estarão disponíveis para fornecimento em quantidade adequada". Do ponto de vista da sustentabilidade, não faz sentido continuar a aumentar e estimular as exportações de resíduos plásticos europeus – cuja recolha é paga pelos consumidores – quando essa exportação só beneficia os negócios e o emprego noutras partes do mundo, ao mesmo que continua a afectar a indústria e o emprego na Europa.