O Mercado Automóvel no Contexto Económico Actual

Gonçalo Tomé, da Plasfil, partilhou com os participantes do SEMINÁRIO DE PLÁSTICOS os números essenciais da indústria automóvel. "É verdade que o mercado está a crescer, mas não na Europa. Dificilmente a indústria nacional vai conseguir exportar para a China". A crise económica e financeira que sacudiu a Europa nos anos mais recentes deu especial visibilidade à indústria automóvel, não só pelo impacto profundo que sofreu, mas tambémimage pelos desafios que coloca e que se traduzem em procurar soluções em economias que estão em recessão, como é o caso de Portugal e Espanha, e em mercados com novas assimetrias geográficas, como é o caso da indústria automóvel. As economias emergentes, como a China, a Índia, o Brasil e a Rússia estão a alterar a geografia dos mercados, mas o futuro da indústria automóvel passa sobretudo pelos novos materiais e novas tecnologias. 
Torsten Sieweke, Product Sales Manager PP Automotive da SABIC Marketing Ibérica, começou a sua intervenção no XXVII SEMINÁRIO DE PLÁSTICOS com uma panorâmica sobre os cenários económicos e demográficos. É nesse contexto que a indústria terá que ajustar as suas estratégias.

Cada tonelada de plástico produzido permite evitar 9 toneladas de CO2 emitido durante o tempo de vida útil do produto – referiu Torsten Sieweke – e deu variados exemplos de redução de peso nos automóveis, através da incorporação de peças fabricadas com novos materiais. O conjunto dos polímeros específicos da SABIC para aplicações no sector automóvel permitem reduzir pelo menos 24 kg no peso de um automóvel típico de gama média. Actualmente, cada carro incorpora, em média 160 kg de plásticos. Até 2020, o peso dos plásticos deverá chegar pelo menos aos 200 kg. Como tendências, Torsten Sieweke referiu a procura de polímeros de menor densidade e mais fluidez, para produzir peças mais leves.

O aumento da incorporação de plásticos implica a necessidade de novas soluções de combustão: menos mecânica e mais electrónica, menos petróleo e mais energia eléctrica ou mais pilha de hidrogénio.