PLA mais resistente à temperatura

image A Purac vai apresentar na NPE 2012 soluções para aumentar a resistência térmica do PLA para injecção, extrusão e produção de fibras. Os homopolímeros de PLA conhecidos pelas siglas PLLA e PDLA que estão na base desta melhoria do desempenho térmico, passam a estar comercialmente disponíveis. "A nossa tecnologia permite aumentar a estabilidade térmica do PLA até aos 80 a 150 °C" – diz a Purac. Os homopolímeros de PLA podem ser utilizados para produzir plásticos com resistência térmica acrescida, incluindo filmes, fibras e espumas.
A Purac (Gorinchem, Holanda) é a maior produtora mundial de ácido láctico e uma das principais produtoras de bioplásticos baseados no ácido láctico, com fábricas nos E.U.A., Holanda, Espanha, Brasil e Tailândia.