Máquinas alemãs: declínio em 2012, retoma no ano seguinte

Os construtores alemães de máquinas para as indústrias de plásticos e borracha esperam uma descida de 2% nas vendas em 2012, para um valor na ordem dos 6077 milhões de euros. Para 20123, prevê-se um crescimento de 7%, devendo as vendas alemãs chegar aos 6500 milhões de euros.
"Em Outubro do ano passado, a associação VDMA tinha previsto uma queda de vendas de 7% em 2012. No entanto, a evolução dos negócios no segundo semestre do ano passado e nos primeiros meses de 2012 foi melhor do que se esperava, o que nos permitiu rever a previsão" – explica o Sr. Ulrich Reifenhäuser, presidente da associação.

Reversão temporária nos mercados externos

"Tendo em conta os altos níveis de investimento a nível mundial em 2010 e 2011 e o fraco crescimento na maior parte da Europa ocidental, prevemos que as exportações baixem em 2012" – acrescenta o Sr. Thorsten Kühmann, director executivo da VDMA. A procura externa deverá, no entalhos, recuperar no próximo ano.

Os construtores alemães de máquinas para as indústrias de plásticos e borracha conseguiram aumentar as suas quotas no mercado global em 2011: as exportações aumentaram dois pontos percentuais para 25,3% e a produção aumentou um ponto percentual para 22%. A Alemanha conserva a liderança nas exportações, mas a China lidera em produção com 30,5%.