Classe Média chinesa determina mercado dos filmes BOPP

image_thumb[2]A indústria produtora de filmes de BOPP manteve forte crescimento em 2011, com a procura a aumentar 5,5% comparativamente a 2010 e a atingir pela primeira vez o limiar dos 6 milhões de toneladas – revela o mais recente relatório da AMI Consulting sobre o mercado dos filmes de BOPP. O crescimento da procura tinha desacelerado em 2010 como resultado da crise financeira mundial.

 

A procura global é cada vez mais determinada pela evolução na Ásia,e especialmente na China, Índia e Indonésia. Mais de 60% da utilização de BOPP ocorre na embalagem alimentar e o aumento da procura nos referidos países por uma variedade crescente de alimentos embalados no comércio retalhista é um dos principais factores que influenciam o mercado deste material. Com uma população vasta, jovem e em crescimento, com a crescente urbanização e a subida do rendimento per capita nos países em desenvolvimento na região asiática, o mercado do filme de BOPP só pode esperar a continuação do crescimento da procura.

A análise da AMI mostra que a China representa actualmente 40% da produção global de BOPP e a procura interna representou, só por si, dois pontos percentuais do aumento da procura registado em 2011. A China foi também o país escolhido para 95% da nova capacidade instalada em 2011. Embora a produção seja e continue a ser primariamente destinada a satisfazer a procura interna, torna-se evidente que as exportações de filmes de BOPP, mesmo em volumes relativamente modestos em relação à capacidade produtiva, serão suficientes para afectar seriamente outros mercados. As exportações chinesas, que a AMI estima em 6% da produção em 2011, destinaram-se predominantemente aos países asiáticos vizinhos, mas este material pode aparecer em qualquer outra parte do mundo.

A região com maior crescimento em 2011 foi o sub-continente indiano. A indústria local está a desenvolver-se a partir de uma base baixa. Embora a população seja comparável com a da China, o consumo per capita de filmes de BOPP é dez vezes mais baixo que o da China. Espera-se que o aumento da procura seja induzido pela abertura do sector retalhista ao investimento estrangeiro e pela melhoria do nível de vida e da capacidade de compra de alimentos embalados e produtos de consumo em geral. Estão encomendadas pelo menos dez novas linhas de produção de filmes de BOPP para iniciar a produção em 2012 e 2013, totalizando uma capacidade adicional próxima das 300 000 toneladas/ano. A região também está a crescer em exportações. A AMI estima que as exportações de filmes BOPP produzidos nesta região represente cerca de 20% da produção.

Outros mercados emergentes na Ásia continuaram a mostrar forte crescimento em 2011 e a atrair investimento em novas linhas de produção. Foi o caso da Indonésia, Taiwan e Vietname. Também se registaram aumentos de capacidade na Nigéria, Arábia Saudita e Peru.

Em contraste, é nítida a ausência de investimento em novas linhas nos mercados tradicionais da Europa ocidental, do Japão e dos EUA, nos quais o crescimento é bem mais modesto. Nos EUA, o crescimento foi de 3%, o mais elevado num período de 5 anos, enquanto a Europa ocidental se ficou com um crescimento de 1% em volume e o Japão registou uma descida. A Europa foi afectada pelos efeitos da crise da zona euro e o Japão teve que lidar com os efeitos do terramoto e tsunami de Março.

O elevado nível de investimento em novas linhas de BOPP em 2011 nos mercados emergentes continua a desafiar a oferta e procura mundial. O grau de utilização da capacidade baixou para 74% em 2011 e espera-se que continue a crescer em resultado dos aumentos de capacidade anunciados para 2012-2013. A AMI estima que a capacidade de produção global vai aumentar 2,5 milhões de toneladas no período 2011-2016, elevando a capacidade mundial para 11 milhões de toneladas.

Segundo a AMI, o mercado dos filmes de BOPP tem potencial para continuar a crescer 6 a 7% ao ano durante os próximos cinco anos, acrescentando 2,3 milhões de toneladas à procura. Tal como já se registou em 2011, o maior crescimento ocorrerá na Índia, com o desenvolvimento do sector retalhista aberto ao investimento estrangeiro; na China, o crescimento será determinado pelas medidas governamentais de incentivo ao consumo doméstico e de melhoria do nível de vida da população das zonas rurais; no Médio Oriente e na África, o crescimento andará a par das taxas de crescimento geral das economias desta região rica em recursos.

O relatório ‘BOPP films – the global market’ é uma análise detalhada do mercado dos filmes de BOPP elaborada pela AMI Consulting. Para mais informação, contactar Carole Kluth.