Smart Bottle um bag-in-box…sem box!

image Uma embalagem flexível para líquidos ou granulados, com todas (ou quase todas) as características de uma embalagem rígida e com algumas funcionalidades e vantagens adicionais – é o que prometem as "Smart Bottles", inventadas pela  Smart Bottle inc. (Asheville, Carolina do Norte, EUA), que já atribuiu as primeiras licenças. A Dow assumiu o lançamento do conceito na América Latina e apresentou-o na feira Feiplastic 2013 com o nome PacXpert™.

Comecemos pelo princípio. Na origem desta embalagem estão apenas dois componentes: filme de polietileno em bobina e bocais com tampa de atarraxar (em polietileno também, mas neste caso em peças injectadas).
A Smart Bottle vazia é uma embalagem espalmada, o que representa uma tremenda vantagem na logística que antecede o enchimento. Menos volume, menos custos de transporte, menos espaço em armazém, etc. Com o enchimento, a embalagem ganha forma e replica o formato de secção quadrada ou rectangular de uma embalagem rígida. É estável, empilhável, e mantém-se em pé. Como é flexível, pode ser apertada depois de cada uso, para retirar o máximo do ar interior (prolongando o tempo de vida útil do produto).
A "Smart Bottle" pode ter a capacidade que se quiser, desde 1 litro até aos 20 litros, e o formato também pode variar. Para além do bocal, pode ter uma ou duas asas, para tornar mais fácil o transporte, a utilização e também para ser mais fácil esvaziar até ao fim. mais do que palavras, estas funcionalidades podem ser observadas do filme promocional criado pela Dow (licenciada pela Smart Bottle para comercializar o conceito na América Latina.
A nova embalagem é um dos temas abordados na REVIPACK Nº 66, com informação sobre máquinas para formar, encher e fechar as Smart Bottles.