Reciclagem de plásticos pode ultrapassar 60% até 2020

A imagePlastics Recyclers Europe (PRE) divulgou um estudo que indica que a reciclagem de plásticos pode atingir uma taxa de 62%, atingível até  2020.

“Este estudo, efectuado pela Bio Intelligence Service, visa antecipar o cenário mais adequado para continuar a melhorar a sustentabilidade dos plásticos através da reciclagem na Europa no período que vai até 2020. Aumentar a reciclagem de plásticos irá economizar recursos escassos, criar empregos e reduzir impactes ambientais”, disse Ton Emans, Presidente da PRE.

Ton Emans sublinhou que “a situação actual da reciclagem de plásticos já não é aceitável. A longo prazo, o crescimento económico, as mudanças demográficas e a escassez crescente de matérias-primas fazem com que a Europa não se possa dar ao luxo de desperdiçar 76% de todos os materiais plásticos usados. São necessárias medidas urgentes para aumentar as taxas de reciclagem de plásticos. Este estudo propõe medidas essenciais que devem ser tomadas para esse objectivo..”

A implementação da Visão para a Eficiência de Recursos (o cenário traçado no estudo) irá colocar no mercado 11 milhões de toneladas de reciclados de plástico, evitar a deposição de 24 milhões de toneladas em aterro, criar cerca de 360 000 empregos (dos quais 120 000 directamente nas indústrias recicladoras), economizar mais de 4,5 mil milhões de euros (pela substituição de plásticos virgens) e evitar emissões de mais de 26 milhões de toneladas de CO2.

Para obter uma cópia do estudo, clicar aqui ou acima, na imagem da capa..