PREVISÃO, SIMULAÇÃO E ANÁLISE FEM

A sessão técnica final do XXXI SEMINÁRIO DE PLÁSTICOS foi preenchida com um painel de oradores que proporcionou aos participantes a actualização da informação sobre previsão do comportamento de polímeros (Prof. Francisco Pires, FEUP), simulação do processo de injecção com o software Moldex3D (Teresa Neves, Simulflow) e cálculo estrutural pelo método de elementos finitos (Carlos Ribeiro, PIEP).

image

image

O Prof. Francisco Pires traçou uma perspectiva sobre a modelação de polímeros a diferentes escalas e sobre as possibilidades da sua utilização para efeitos de previsão de comportamento. Quanto mais complexo for o material (polímero, cargas, aditivos, etc.), mais fina deve ser a escala de análise.
Como exemplo da utilidade das metodologias de previsão, destaca-se a investigação de materiais poliméricos com propriedades de auto-reparação (preenchimento de fissuras).
Como exemplos de aplicações práticas desta linha de desenvolvimento, destacam-se os polímeros com propriedades auto-reparadoras, o vestuário com painéis solares,etc..

image

A eng. Teresa Neves sintetizou as funcionalidades e potencialidades do software de simulação Simulflow, exemplificando com casos práticos.

image

Carlos Ribeiro, investigador do PIEP, apresentou vários exemplos de aplicação da análise FEM para cálculo estrutural de peças plásticas, como ferramenta de optimização (maximização de desempenho mecânico e minimização de custo de material e de tempo de ciclo) ou como ferramenta de selecção de materiais.
A apresentação culminou com vários “casos de investigação” concretizados no PIEP.