APIP elegeu nova Direção

image_thumb[1]Pedro Colaço (KLC) é o novo Presidente da Direção da APIP (Associação Portuguesa da Indústria de Plásticos), ladeado por Gonçalo Tomé (Plasfil) e Carlos Santos (Plastimar), e liderando uma direção forte com representação das várias áreas da indústria de plásticos. “Dinamizar a atividade associativa, enfrentar os desafios dos novos tempos e combinar capacidades e conhecimento, são os grandes objetivos desta nova Direção ” – disse Pedro Colaço nas palavras que dirigiu à assembleia geral da associação, que se realizou na Marinha Grande no dia 4 de Maio.

A lista completa dos órgãos sociais eleitos é a seguinte:

Direção

Presidente                                                                    Pedro Colaço (KLC)
Vice-Presidente Executivo                                        Gonçalo Tomé (Plasfil)
Vice-Presidente Financeiro                                      Carlos Santos    (Plastimar)
Vice-Presidente Automóveis e Peças Técnicas    Guida Figueiredo (Carfi)
Vice-Presidente Embalagem                                    Carlos Vicente (Logoplaste)
Vice-Presidente Tubos & Perfis                               Jorge Vicente Sousa (Fersil)
Vice-Presidente Reciclagem                                    Ricardo Pereira (Sirplaste)
Vice-Presidente Filmes e Folhas                            Amaro Reis (Sacos 88)
Vice-Presidente Equipamentos e Auxiliares        Nuno Guimarães (Novagi)
Vice-Presidente Matérias-Primas                           António Alves Pereira (Repsol).

Mesa da Assembleia Geral

Presidente                    Duarte Champalimaud (GLN Plast)
Vice-Presidente           Luis Vieira (Plasteuropa)
1º Secretário                 Teresa Correia (Polipoli)
2º Secretário                 Florbela da Silva Domingues (Bourbon)

Conselho Fiscal

Presidente                    Maria da Conceição Gomes (Probos)
Vice-Presidente           Isabel Matos (Plimat)
Vogal                             Silvino Farracho (Plasoeste)

A Assembleia Geral distinguiu o Sr. Marcel de Botton, que desempenhou o cargo de presidente durante vários mandatos, com a eleição como Presidente Emérito, considerando a sua pesada e vasta contribuição para a APIP. “Sinto-me orgulhoso desta indústria. Durante este tempo, muitas empresas portuguesas tiveram sucesso e conquistaram relevância internacional e elevada reputação de qualidade nos setores automóvel, aplicações técnicas, filmes, tubos, embalagem, reciclagem, etc. . Tal como as empresas, as Associações também precisam de sangue novo e energia. Estou certo que a nova Direção vai fazer a APIP mais forte.” – disse o Sr. Marcel de Botton na sequência da eleição.
João Cortez (Celoplás), Manuel Alegria (Simoldes) e Pedro Faria (Sival), que também exerceram vários mandatos na direção da APIP, deverão continuar ativos no Conselho Consultivo.