Sistemas de Dosagem

Pedro Ribeiro trouxe aos participantes do XXXII Seminário de Plásticos uma pamorâmica sobre as tecnologias e equipamentos de dosagem da Schenck Process. Apesar de serem designados como “periféricos”, estes equipamentos têm relevância primordial nos processos de transformação e na qualidade final dos produtos.

Especialista em sistemas de pesagem/dosagem, a Schenck Process desenvolveu vários sistemas de dosagem e alimentação baseados no princípio ‘loss in weight’ (perda de peso) para toda a gama de caudais, bem como sistemas de controlo e automação.

A escolha do tipo de equipamento depende das características do processo. Doseadores de caleira vibrante, estações modulares, doseadores de parafuso, doseadores de parafuso duplo, etc., são algumas das soluções da Schenck Process. Pedro Ribeiro sintetizou as principais vantagens e desvantagens de cada uma destas tipologias.

A diversidade da gama de equipamentos da Schenck Process inclui variantes múĺtiplas, tais como geometrias de fusos, tipo de agitação (interna/eterna), acionamentos independentes para fuso e agitação, etc. Estas variantes permitem configurar o sistema de acordo com as exigências do material, de forma a garantir a fluidez desejada, evitando os problemas típicos de aglomeração de materiais (sobretudo com materiais com comportamento adesivo).

A Shenck Process desenvolve os seus próprios controladores, quer individuais, quer centralizados.