Filmes de PE: crescimento de 1% na Europa

A indústria produtora de filmes de PE consumiu mais de 7,4 milhões de toneladas de polímero em 2016. Os filmes de PE representam cerca de 80% do consumo europeu de filmes. A indústria de filmes de PE tem mantido um crescimento estável ao longo dos anos mais recentes. Apesar da tendência para usar mais graus lineares e metalocenos, que permitem produzir filmes mais finos, a procura cresceu 1% em 2016.
A Alemanha, que lidera o setor europeu da extrusão de filme de PE, viu a sua indústria manter a posição durante a crise financeira e durante a subsequente crise do euro, tendo a procura em 2016 ultrapassado os níveis anteriores à crise. Em contraste, a Itália, que já foi a maior produtora de filme de PE, não conseguiu ainda recuperar os volumes e a procura está ainda 24% abaixo do nível de 2007.
Os graus lineares, incluindo os metalocenos, devem já representar a maior parte da matéria-prima transformadas pelas empresas de extrusão. A AMI estima que o mercado está segmentado da seguinte forma: 44% para os graus de PELBD, 43% para o PEBD convencional e 13% para os PEAD/PEMD.
O diretório Polyethylene Film Extruders in Europe da AMI fornece informação detalhada sobre mais de 1200 locais de extrusão de filme de PE na Europa. Para mais informação, contactar Cathy Turbitt, da AMI.

image

Anúncios