Bioplásticos em Valência

imageA procura de materiais de origem renovável deverá duplicar entre 2014 e 2019, ano em que serão necessários 1,4 milhões de hectares para a sua produção, sem competir com a área necessária para o cultivo de alimentos, próxima dos 1240 milhões de hectares. A estimativa foi adiantada por Constance Ißbrücker, da European Bioplastics, durante o Seminário Internacional sobre Biopolímeros e Compósitos Sustentáveis, realizado nos dias 1 e 2 de Março, em Valência (Espanha).
Organizado pelo AIMPLAS, o seminário reuniu mais de 170 profissionais e atualizou a informação sobre as aplicações dos bioplásticos para embalagem alimentar, equipamentos de desporto e para o setor automóvel. Materiais inovadores como o óleo de rícino, a cana de açúcar, o milho e o soro de leite já estão a ser utilizados em aplicações como pranchas de surf e snowboard e também nos setores automóvel e da construção, bem como em embalagens de alta barreira e embalagens alimentares de alta resistência térmica. Durante o seminário de Valência, a BASF apresentou as cápsulas dos Cafés Novell,image a Renault fez uma apresentação sobre o potencial dos biocompósitos no sector automóvel e o Instituto API referiu os desenvolvimentos de biopolímeros para impressão 3D e para o fabrico de cordas para agricultura e redes de pesca. O AIMPLAS apresentou os resultados do projeto OSIRYS, dedicado ao desenvolvimento de biocompósitos para fachadas e divisórias para melhorar a qualidade do ar.
O seminário internacional analisou também as normas que atualmente regulam a utilização de biopolímeros a nível industrial, bem como a biotecnologia e os processos naturais de produção de biopolímeros como a fermentação ou a partir de micro-organismos.

Anúncios

Projecto GreenMotion disponibiliza apresentações

image As apresentações da Jornada “GreenMotion -  Transferência de Eco-materiais à indústria automóvel”, realizada em Junho de 2012 no PIEP com a participação de cerca de 60 industriais e representantes de outras entidades da EuroRegião Norte de Portugal-Galiza, estão disponíveis na internet. Para aceder, CLICAR AQUI.

Para além das palestras, os participantes puderam experimentar a Plataforma Virtual criada neste projecto através do demonstrador virtual (tablier de um automóvel) colocado ao seu dispor, com os resultados obtidos até ao momento no âmbito do Projecto.

LEIA MAIS

FRIMO e Huntsman desenvolvem compósitos de PU para o sector automóvel

A FRIMO e a Huntsman Polyurethanes assinaram uma acordo de cooperação para desenvolver compósitos de fibras para a indústria automóvel. A FRIMO tem um portefólio de ferramentas e equipamentos para processamento de poliuretano, bem como para tecnologia de processamento RTM (Resin Transfer Molding). A Hunstman é um produtor de sistemas de poliuretano com vários anos de experiência no sector automóvel. Recentemente, adquiriu uma fábrica piloto da FRIMO para o centro técnico de Everberg (Bélgica), especialmente projectara para sistemas de compostos de PU/fibras para o sector automóvel. A nova unidade expande as capacidades de desenvolvimento, ensaio e validação, visando uma nova gama de resinas-matriz para compósitos, comercializados sob a marca VITROX®.

KraussMaffei recebeu grande encomenda da BMW

A KraussMaffei recebeu uma encomenda da BMW para fornecer um elevado número de máquinas de injecção, reacção e sistemas de automação. As máquinas destinam-se à produção de peças de termoplásticos e resinas de reacção para interior e exterior de automóveis, bem como para estruturas de suporte de carga. As peças para carroçaria serão produzidas por um total de 9 máquinas de moldação-transferência a instalar nas fábricas da BMW em Landshut e Leipzig. As principais características destas mimageáquina são a constância e reprodutibilidade, bem como a elevada pressão de enchimento para optimiza o processamento das fibras. As cabeças de mistura dispõem de auto-limpeza, eliminando a necessidade de ciclos de limpeza e reduzindo o tempo de ciclo. O acabamento pós-moldação é executado por sistemas de aparamento modernos da KraussMaffei. A encomenda inclui também o sistema de alimentação de material.

 

Como parte da encomenda, a fábrica da BMW de Wackersdorf vai adquirir mais uma máquina de injecção de grande dimensão MX 4000-24500 para produzir os painéis de instrumentos das Séries 1 e 3, usando processo de injecção com "espuma estrutural". Neste processo, as peças são produzidas com uma camada exterior compacta e uma camada interior com estrutura alveolar. Dois robôs KraussMaffei executam as tarefas de assemblagem e subsequentes.
Na fábrica de Leipzig serão instaladas duas máquinas de 400 toneladas MX 4000-17200/12000/750 WL de dupla placa rotativa para produzir peças com pele exterior e sub-estrutura termoplástica. Neste caso, a pele exterior e a sub-estrutura termoplástica serão injectadas em separado, juntas com a rotação das placas e interligadas com um terceiro material plástico. Com a abertura dos moldes, a peça sai pronta para a montagem. O processo totalmente automático é completado por dois robôs industriais. A regulação térmica dos moldes é efectuada com arrefecimento por impulso, que permite uma gestão energética mais eficiente.

image

GreenMotion: materiais "verdes" no automóvel

image O projecto GreenMotion visa impulsionar a incorporação de materiais "verdes" pelo sector automóvel e criar uma rede galaico-portuguesa de empresas interessadas nesse objectivo. Na base do projecto, que conta com co-financiamento europeu (fundos FEDER, programa POCTEP), está um consórcio formado pelo CTAG – Centro Tecnológico Automóvel da Galiza (líder do projecto), pelo CIS-Madeira (Centro de Informação e Serviços da Madeira, da Galiza) e pelo PIEP – Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros (Portugal).

O objectivo do projecto é criar uma plataforma virtual que proporcione às empresas das regiões Norte de Portugal-Galiza, de uma forma próxima e acessível, toda a informação sobre os materiais ecológicos que poderiam utilizar-se na área automóvel para assim promover a sua incorporação nos veículos.

LEIA MAIS

Protecção de bateria para carros eléctricos

image Acompanhando a tendência favorável para os automóveis eléctricos, os cientistas do Instituto Fraunhofer (Alemanha) também desenvolvem trabalho nesta área. Um dos exemplos recentes é a substituição da caixa de protecção da bateria de Lítio-Ião por uma caixa leve, capaz de proteger a bateria em caso de acidente e passível de produção em série. LEIA MAIS

Peças ocas de geometria complexa numa só etapa

image_thumb[3]Com o acréscimo de concorrência, os fabricantes de peças por injecção precisam cada vez mais de soluções competitivas. Existe uma procura crescente de soluções altamente integradas e automatizadas. Um bom exemplo é o sistema de produção de peças ocas de geometria complexa, que vai ser apresentado pela ENGEL (Austria) na feira "FIP solution plastique" (Lyon, França, 24 a 27 de Maio). A demonstração ao vivo vai ser feita com uma máquina de injecção compacta sem colunas ENGEL victory 1050H/500W/200 combi, com moldes Multitube da Pernoud (Oyonnax, França), para produzir uma peça tri-componente, neste caso uma peça de tubagem de alimentação para motores de 3 cilindros, com geometria complexa, numa só etapa. Este resultado deve-se a um processo de injecção sequencial que integra o pick & place e a sobre-moldação num só ciclo. Primeiro, as buchas roscadas são inseridas no molde e sobre-moldadas. Depois a pré-peça moldada é rodada no molde por um robô Stäubli de seis braços, imediatamente antes da injecção do terceiro componente – o vedante de TPE. Para suportar a injecção multi-componente, a máquina ENGEL victory estará equipada com uma unidade piggyback e uma terceira unidade de injecção (Babyplast). A peça acabada é retirada por um robô multi-eixos e colocada no tapete transportador de saída da célula. Este robô está totalmente integrado no controlo CC 200 da máquina de injecção. Como o robô trabalha dentro das guardas de protecção, a célula ocupa um espaço reduzido.
Graças a este elevado grau de integração, as peças complexas são produzidas numa só etapa, eliminando-se operações de acabamento, tais como montagem ou soldadura. Comparativamente aos sistemas de injecção com gás, o conceito Multitube também assegura qualidade superior das superfícies interiores e consistência na espessura. A ENGEL é representada em Portugal pela EQUIPACK.