EUROMAP: Recomendações e Etiqueta Energética

image_thumbO acordo alargado de um vasto grupo de construtores de máquinas de injecção permitiu desenvolver as normas de medição energética EUROMAP 60.1 e EUROMAP 60.2 para este tipo de máquinas. A norma EUROMAP 60.1 (clicar para ler) fornece uma panorâmica inicial do consumo de energia relacionado com a máquina; a norma EUROMAP 60.2 também permite considerar aplicações complexas e específicas do utilizador e compará-las em relação com o produto. Com estas normas para medição do consumo específico de energia, os fabricantes têm uma responsabilidade acrescida: a transparência exigida pelas normas exige que desenvolvam tecnologias cada vez mais eficientes no que respeita ao uso da energia. A Etiqueta de Eficiência Energética da EUROMAP é uma etiqueta de uso voluntário com uma base técnica comum para comparação entre máquinas.
Também existem normas de medição de energia para máquinas de extrusão-sopro (EUROMAP 46 parte 1 e EUROMAP 46 parte 2) e estão em desenvolvimento normas similares para outras máquinas, como as de termoformagem.

Anúncios

Etiqueta de eficiência energética para máquinas de plásticos e borracha

imageA EUROMAP, a associação europeia dos construtores de máquinas para processamento de plásticos e borracha, vai lançar uma etiqueta de energia para máquinas de plásticos e borracha. A importância crescente da eficiência energética na indústria também se reflecte nas actividades da associação. A EUROMAP já publicou normas sobre medição da energia em máquinas de injecção e de extrusão-sopro. Até agora, os construtores de máquinas têm usado etiquetas por si criadas para evidenciar os níveis de eficiência das suas máquinas. Para tornar as classes de eficiência transparentes e permitir aos utilizadores estabelecer comparações, foi agora criada uma etiqueta neutral comum, cujas especificações constam de uma nova recomendação da EUROMAP.
Diversamente do que sucede com a etiqueta energética da UE (para os frigoríficos, por exemplo), a etiqueta EUROMAP é de uso voluntário. Não é necessária a certificação por terceiro para poder usar a etiqueta. A descrição exacta da nova etiqueta pode ser obtida gratuitamente, clicando AQUI. A etiqueta entrará em vigor a partir de 1 de Outubro de 2014.

Recomendação EUROMAP 75 actualizada

A recomendação EUROMAP 75 – Protocolo de Comunicação com Equipamentos Periféricos – partes 1 – 3, inclui o perfil dos dispositivos, a definição da interface entre a máquina de injecção e os conversores de sinal e a implementação dos diversos sistemas Ethernet em tempo real. O perfil do dispositivo baseia-se no perfil CANopen para dispositivos de medida e controladores em malha fechada (CiA 404) e é completado pelas definições dos sistemas industriais de comunicação Ethernet em tempo real, incluindo os requisitos específicos para estas categorias de dispositivos. A actualização foi necessária devido a mudanças no CiA 404. Adicionalmente, a parte relativa ao mapeamento para VARAN-BUS foi reduzida e actualizada.

AGI participa na Moldplás

A Augusto Guimarães & Irmão, Lda (AGI) participa na feira Moldplás, que se realiza na Batalha nos dias 5 a 8 de Maio. “A Moldplas é a maior feira de plásticos em Portugal e a AGI enquanto referência na indústria dos plásticos e representante da marca SABIC IP, não podia deixar de participar neste certame. Esta é uma feira de profissionais para profissionais que nos permite apresentar os produtos que comercializamos e as novas soluções tecnológicas e inovações deste sector junto de um público-alvo especializado” – disse a propósito Nuno Guimarães Director Comercial da AGI.
O stand da AGI (pavilhão 1, stand A05), com uma área de 260 m2, incluirá a demonstração de uma célula de produção de uma peça de uso médico, com uma máquina de injecção BILLION SELECT, totalmente eléctrica, e um robô WEBO BASIC. Na mesmo stand, será ainda expostos vários equipamentos periféricos da marca PIOVAN, designadamente desumidificadores, doseadores graviméricos da série MDW, doseadores volumétricos da série LYBRA, a nova série do transporte de matéria-prima EASY3 bem como os controladores de temperatura THW9 e THP6.

No stand da AGI na Moldplas vai ser possível ficar a conhecer ainda a nova série de Low Cost de tapetes transportadores MB CONVEYORS que combina a excelente qualidade de construção e acabamentos com um investimento de baixo custo. Uma mesa rotativa com suporte para sacos pretenderá demonstrar como com um investimento simples e limitado se pode automatizar e autonomizar processos.
Da SISE será exposta parte da gama de controladores de temperatura de canais quentes bem como um simulador do sistema de gestão da produção CYCLADES como seu novo terminal “touch screen”. Este último apresenta-se como um sistema pronto a usar por um valor de investimento reduzido.  

No segundo dia da Moldplas, dia 6 de Maio, a AGI em conjunto com a SABIC Innovative Plastics apresenta, as novas tendências e aplicações das matérias-primas plásticas para os diversos tipos de indústrias num seminário técnico que decorrerá entre as 10h00 e as 13h00 no auditório da Exposalão.

A AGI, constituída em Outubro de 1915, actua em três áreas de negócio: as matérias-primas para a indústria de transformação de plásticos, equipamentos para a indústria de transformação de plásticos e os materiais de construção civil. Em 1995, foi das primeiras empresas de distribuição em Portugal a implementar um sistema de qualidade certificado (ISO 9001:2000). Em 2002, 50% do capital da AGI foi adquirido pelo Grupo Guzman, empresa líder na distribuição de matérias-primas plásticas em Espanha, sendo o principal objectivo desta Joint-venture criar uma oferta de gama de produtos comum nos dois mercados, e reforçar a posição de liderança. A AGI é actualmebte líder de mercado na distribuição de matérias-primas plásticas para a indústria de transformação de plásticos (actividade principal), na distribuição de chapas de policarbonato para a construção civil e na distribuição de placas fenólicas para revestimento de fachadas de edifícios.

Locomotiva alemã ganha velocidade

A indústria alemã de máquinas para plásticos e borracha recuperou da crise mais cedo do que esperava, informa a associação VDMA. O inquérito às empresas do sector apurou um aumento das vendas de 17% em 2010. A K 2010 acelerou a tendência de recuperação, acrescentando-lhe vários pontos percentuais.
As vendas para o mercado doméstico alemão subiram 10%, 1 ponto acima do crescimento das vendas para outros países da zona euro. As exportações alemãs de máquinas para plásticos e borrachas aumentaram 19% a nível global.
No final do ano, as vendas totais chegaram aos 4,5 mil milhões de euros. Embora a recuperação esteja acima das previsões, o valor global da facturação das empresas alemãs em 2010 (4,5 mil milhões de euros) ainda está abaixo do nível de 2008 (5,6 mil milhões de euros).
A locomotiva alemã está, portanto, a recuperar velocidade, mas, como ainda não se conhecem os números de outros países, não se sabe se está a puxar pela economia europeia ou se… vai sozinha. A VDMA fornece outras informações significativas: o maior cliente da indústria alemã é a China, com os EUA num segundo lugar muito distante e a Índia em terceiro lugar.

Moinho com sistema de pressão modular

image_thumb[2]Os moinhos mono-eixo da série WLK da WEIMA (Alemanha) têm um sistema de pressão modular e permutável, para lidar com materiais diversos, tais como peças maciças, filmes e corpos ocos. O sistema é formado por dois módulos, com o mecanismo de corte construído em torno do rotor com várias dimensões e formatos de lâminas. Três sistemas de pressão adicionais estão disponíveis como opção: um slide horizontal para peças maciças, um dispositivo rotativo para processar filmes e um slide diagonal para processar corpos ocos. Os sistemas modulares têm montagem fácil e rápida e a zona de corte tem acesso total, facilitando as operações de limpeza.
Os moinhos mono-eixo são fornecidos com rotor de 450 mm de diâmetro, velocidades até 150 rpm e larguras de rotor de 1000, 1500 e 2000 mm.

Processamento económico de silicone sólida

ENGELO novo “roto feeder” da ENGEL (Schwertberg, Áustria) é um transportador rotativo para alimentação contínua de silicone sólida para unidades de plastificação evitando “inclusões” e mantendo pressão constante. O processamento de silicone sólida, por exemplo, pode tornar-se significativamente mais fácil e mais económica. Algumas das primeiras 50 unidades instaladas estão em funcionamento na Delphi Germany, em Wuppertal.

Continuar a ler