airpop – o novo nome do EPS

De utilização generalizada na produção de embalagens, blocos para construção, placas de isolamento ou peças técnicas, o poliestireno expandido (EPS) é um dos materiais com maior disparidade de designações. Para além da designação técnica do material, proliferam as designações baseadas nas diversas marcas comerciais: Styropor, Isopor, Poliexpan, Esferovite, etc.. Para pôr fim a esta disparidade, a EUMEPS, a associação europeia do sector, criou uma nova marca comum: airpop® engineered air.

image

Na base da nova marca está uma ideia simples e óbvia: 98% do EPS é ar. O material sintético representa apenas 2% e expande até 50 vezes, dando ao material as características de leveza, isolamento térmico, etc.. A marca airpop® começou a ser utilizada pelas cerca de 600 empresas europeias que transformam anualmente cerca de 1 300 000 toneladas de EPS. Em Portugal, as licenças de uso desta marca são atribuídas pela ACEPE, associação que reúne as indústrias nacionais do EPS. Para mais informações sobre a marca airpop® , clicar no logótipo acima.

Anúncios

Inovação nos isolamentos de poliuretano na UTECH Europe

Isolamentos térmicos economizadores de energia que mantêm o calor nos edifícios e mantêm as baixas temperaturas nos armazéns estão entre as aplicações em que os poliuretanos desempenham um papel vital nos sectores da construção e do controlo de temperatura. As inovações mais recentes na formulação e fabrico de poliuretanos para desempenho térmico e retardamento de chama serão apresentadas na conferência e exposição trienal UTECH Europe que tem lugar nos dias 14 a 16 de Abril, em Maastricht, Holanda, de 14 a 16 de Abril.

Com mais de 90 apresentações técnicas detalhadas, divididas por 11 sessões, a conferência UTECH Europe irá abranger os desenvolvimentos mais recentes no mundo dos poliuretanos e revelar aspectos essenciais do mercado global. Na tarde do 2º dia da conferência (15 de Abril), decorrerá uma sessão com 11 comunicações dedicadas a inovações no uso e fabrico de poliuretanos em espumas rígidas, com oradores das empresas Dow Polyurethanes, DuPont, Bayer MaterialScience, Momentive, Air Products, ICL-IP, Foam Supplies Inc, BASF, Honeywell e Lambiotte.

Giuseppe Vairo, da Dow, apresentará as mais recentes tecnologias de reacção ao fogo em poliuretanos para construção. A Dow desenvolveu um conceito inovador de painel para os fabricantes de painéis metálicos isolados (IMPs) com um desempenho de retardamento de chama que permitirá um uso mais alargado de painéis com interior de poliuretano (PUR) e poliisocianurato (PIR) em aplicações com os requisitos mais exigentes de segurança contra incêndios.

imageMarc Fricke, da BASF, apresentará o SLENTITE – um novo material de isolamento de alta performance para aplicações de climatização. É um novo tipo de aerogel orgânico baseado na química do poliuretano. Os aerogéis são materiais altamente porosos e 90% do seu volume consiste em poros de ar. O desempenho excepcional de isolamento é possível graças ao dimensionamento dos poros na escala nanométrica. O novo material permite isolamentos 25 a 50% mais finos, comparativamente aos produtos convencionais.

David Williams, Director de Tecnologia da Honeywell, fará uma apresentação sobre os benefícios ambientais na cadeia de frio através de um novo agente expansor líquido de alta performance. O Solstice LBA está a ser adoptado por fabricantes de electrodomésticos residenciais e comerciais, tais como a Whirlpool, a Hailer e a Midea, bem como por fabricantes de espumas spray e painéis de isolamento, tais como a LaPolla, a Kingspan, e a SoflanWiz, para reduzir o impacte ambiental e assegurar a conformidade com as regulamentações sobre ambiente e eficiência energética.

A exposição UTECH

Na exposição UTECH Europe, mais de 190 empresas vão apresentar as suas mais recentes novidades na área dos poliuretanos. A Dow Polyurethanes vai apresentar a nova gama de retardantes não halogenados VORATHERMTM CN 100 com tecnologia PIR para painéis de isolamento compatíveis com os níveis de performance B-s1,d0 Top Euroclass. A tecnologia Pascal™ Pro estará também em destaque, com as suas características de eficiência energética e produtividade para a indústria de refrigeração e fabrico de painéis para armazéns frigoríficos. Vai também apresentar os sistemas Voraforce™ para compósitos fabricados por pultrusão ou para enrolamento de filamentos destinados a aplicações na construção e infraestruturas.

A ICL-IP vai apresentar uma tecnologia reactiva de retardantes para poliuretanos destinados a aplicações de isolamento térmico.

A INVISTA apresentará inovações que incluem polióis de poliéster TERATE® HT para espumas rígidas para isolamento.

Para mais informação sobre a UTECH Europe, ou para inscrição antecipada e gratuita na exposição, clicar AQUI.

Curso de Moldação por Injecção

O CENTIMFE programou um curso de formação em Moldação por Injecção, que terá lugar nos dias 22, 27, 29 de Novembro e 4, 6, 11 e 13 de Dezembro, entre as 18 e as 21 h.
Ao longo de 21 horas, o curso desdobra-se de acordo com o programa seguinte:

Parte Teórica:
Matéria-Prima – Noções básicas, aditivos, datasheet do material, propriedades;
Gestão do Processo – ordem de produção, listas de verificação (equipamento, molde, material), guia de defeitos;
Máquina de injecção – grupos funcionais, equipamentos periféricos, secagem, parâmetros tecnológicos de injecção.

Parte Prática:
– Equipamento principal e auxiliares,
– Controlo do processo e do produto – por pressão da cavidade (gráfico de enchimento), tempo de injecção, almofada, ciclo;
– Defeitos e problemas;
– Afinação dos parâmetros tecnológicos de injecção;
– Validação do processo e peça injectada.

Para obter a ficha de inscrição, clicar AQUI.
Para solicitar mais informações, clicar AQUI.

Filmes para fachadas

Os filmes de ETFE estão a registar uma procura crescente no mercado da arquitectura, devido às novas possibilidades de design. Podem ser usados não só em  estádios desportivos futurísticos, mas também para isolamento e controlo térmico de edifícios. O Projecto Eden no sul de Inglaterra, o Centro Aquático de Pequim construído para os jogos olímpicos e a Arena Allianz de Munique são apenas alguns exemplos de aplicação destas folhas plásticas. A membrana transparente de ETFE (etileno-tetrafluoretileno) tornou-se popular pelo facto de brilhar em todas as cores. Mas este material pode também melhorar o controlo da temperatura e da luz nos edifícios e por isso os especialistas olham para o mercado da construção com optimismo. Leia mais

Leve como uma pena, quente como um edredão

Espuma de melamina como material economizador de energia

imageTendo em conta a necessidade crescente de economia de energia e de eficiência dos materiais, o isolamento técnico e a construção leve estão a ganhar importância. A espuma Basotect® da BASF oferece soluções económicas, feitas por medida, para aproveitar a energia e os materiais de forma a contribuir para a conservação dos recursos. Este material permite um baixo consumo de energia, menos emissões de CO2 e um estilo de vida ambientalmente correcto. Os sectores da construção e da mobilidade são os que mais podem beneficiar do potencial este material termicamente isolante e leve, para melhorar a eficiência energética: a espuma Basotect está actualmente a ser usada com frequência cada vez maior nos sistemas de energia solar térmica, nos sistemas de ar condicionado e nos comboios de alta velocidade. LEIA O RESTO DO ARTIGO